Pela primeira vez, seis mulheres serão candidatas a vice-prefeita em São Luís

Após a realização das convenções que oficializaram as candidaturas a prefeito em São Luís, seis mulheres foram anunciadas como candidatas a vice-prefeitas da capital maranhense, fato inédito desde as eleições dos últimos anos.

Diante do protagonismo e representatividade que as mulheres vêm assumindo na política, elas têm ampliado cada vez mais o debate a respeito de questões que foram silenciadas durante anos.

As mulheres escolhidas pelos candidatos a prefeito, em sua maioria, são mulheres que possuem um histórico de luta em favor das causas que acreditam.

Val Nascimento, de apenas 25 anos, é concursada na Polícia Militar do Maranhão, mas não nomeada. Formada em Fisioterapia, possui faixa preta em judô e faixa azul em jiu-jítsu. A jovem é candidata a vice-prefeita na chapa de Adriano Sarney (PV).

O deputado e candidato a prefeito Eduardo Braide (Podemos), escolheu como candidata a vice em sua chapa a professora Esmênia Miranda, graduada em Geografia e História pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema), e professora do Colégio Militar Tiradentes. Ela também é cabo da Polícia Militar, onde ingressou em 2007, e trabalhou no CAPS da Polícia Militar e no setor de Equoterapia da corporação para pessoas com deficiência.

Como companheira de chapa, o candidato a prefeito Neto Evangelista escolheu a assistente social Luzimar Lopes (PDT). Luzimar tem 48 anos, é mãe de quatro filhos, moradora do Coroadinho desde sua fundação, e militante antiga do PDT.

A Porta Voz do Rede Sustentabilidade no Maranhão, Janicelma Fernandes, é candidata a vice-prefeita na chapa do jornalista Jeisael Marx. Janicelma é pedagoga e vice-presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de São Luís. Natural de Presidente Dutra, a candidata recebeu o título de Cidadã de São Luís no ano passado em reconhecimento aos seus serviços prestados na área de proteção à criança e ao adolescente na capital.

O deputado Duarte Júnior (Republicanos), também candidato a prefeito, anunciou como sua vice a advogada Fabiana Vilar. Presidente municipal do Partido Liberal (PL), Fabiana atuou durante 10 anos na área de gestão municipal no interior do Maranhão e também foi secretária de Estado da Agricultura.

Já o deputado Bira do Pindaré (PSB), escolheu como vice a jornalista Letícia Cardoso. Militante dos movimentos sociais com forte atuação na cultura, Letícia também atua nas causas ligadas aos direitos humanos, feminismo e às minorias sociais, além de ser coureira do Tambor de Crioula de mestre Felipe.

Projeto que institui a Polícia Penal no Maranhão é aprovado na AL

Foi aprovado na Assembleia Legislativa do Maranhão, o Projeto de Lei 292/2020, de autoria do Poder Executivo, que institui a Polícia Penal como um órgão do Sistema de Segurança Pública. O projeto é uma adequação à PEC 104/2020, promulgada pelo Congresso Nacional, que cria essa categoria em substituição aos agentes penais, abrangendo as esferas federal, estadual e distrital. A matéria segue para sanção governamental. 

A Polícia Penal integrará a estrutura da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) e tem por atribuição realizar a segurança dos estabelecimentos penais do Maranhão. O preenchimento do quadro de servidores será feito, exclusivamente, por meio de concurso público, além da transformação dos cargos efetivos de Inspetor Estadual de Execução Penal e de Agente Estadual de Execução Penal em Inspetor de Polícia Penal. 

O PL 292/2020 também reorganiza o Subgrupo Atividades Penitenciárias, do Grupo Segurança, do Plano Geral de Carreiras e Cargos (PGCE) dos servidores da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Poder Executivo Estadual. 

Batalhões da PM e rodoviários reúnem-se para garantir segurança no transporte público de São Luís

 A alta cúpula da Segurança Pública do Estado reuniu-se com o Secretário Jefferson Portela, o sub-secretário Leonardo Diniz, Comandantes dos Batalhões de Polícia Militar, o Comandante Geral da PM, Pedro Ribeiro, além de diretores e o Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Marcelo Brito.

A reunião serviu para acertar as medidas que serão adotadas para inibir os assaltos a ônibus em São Luís. Em decisão tomada em comum acordo, ficou definido que a partir de agora os Batalhões da PM serão responsáveis por garantir a segurança dos coletivos nas respectivas áreas de atuação, ou seja, haverá uma integração de todos os Batalhões nas ações de combate a assaltos a ônibus.

Durante o encontro também foi estabelecido que haverá um esforço no que se refere a retomada de operações exitosas, desencadeadas no passado na Grande São Luís, com o intuito de identificar e prender criminosos, que aterrorizavam trabalhadores e usuários do sistema de transporte público.