IFMA recebe homenagem de Zé Inácio pelos seus 110 anos

Em seu discurso Zé Inácio fez um resgate do início da educação tecnológica no Brasil e no Maranhão e os avanços que teve durante os governos do PT

Aconteceu segunda-feira (25), a Sessão Solene em homenagem aos 110 anos do Ensino Tecnológico no Maranhão. A solicitação da sessão foi de autoria do deputado Zé Inácio. Durante a sessão foram homenageados o reitor, ex-reitores e diretores, alunos, professores e todos que compõem a rede de ensino tecnológico.

Em seu discurso Zé Inácio fez um resgate do início da educação tecnológica no Brasil e no Maranhão e os avanços que teve durante os governos do PT. E ressaltou a importância da luta em defesa do ensino tecnológico, contra os retrocessos do atual governo federal.

“Enquanto no governo FHC foi sancionada uma lei que proibia a criação de novas escolas técnicas – apenas 140 escolas foram construídas de 1909 a 2002, no governo do PT o avanço foi significativo. Entre 2003 e 2016, o ministério da educação concretizou a construção de mais de 500 novas unidades referentes ao plano de expansão da educação profissional, totalizando 644 campi em funcionamento. Quero parabenizar o IFMA pelos 110 anos de luta pela educação transformadora dos maranhenses, ressaltando, que as senhoras e os senhores têm um aliado nessa casa legislativa para junto com vocês seguir na luta contra os cortes na educação maldosamente encetados pelo governo Bolsonaro e defender o Instituto Federal de  Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão.

Foram homenageados com placas durante a sessão: o reitor do IFMA, Roberto Brandão, o ex-reitor e professor do IFMA, Zé Costa, a ex-reitora, Valéria Martins, o ex-diretor do antigo CEFET, Zé Lima e os alunos Ribamar Carneiro, do curso de meio ambiente e Izabelly Vitória, do curso de Química e multi paratleta.

Também estiveram presentes no evento o Diretor Executivo do IFMA, Agenor Almeida, o reitor do IEMA, Jhonatan Almada e os diretores-gerais dos vários campus do IFMA no Estado.

Jovens maranhenses participam do Parlamento Estudantil nesta sexta-feira (29)

A solenidade de posse e a sessão acontecem nesta sexta-feira (29), a partir das 14h30, no Plenário Nagib Haickel, com a presença do presidente da Casa, deputado Othelino Neto

A Assembleia Legislativa do Maranhão já está com tudo pronto para receber os 22 deputados estudantes selecionados para a nova edição do Parlamento Estudantil 2019. A solenidade de posse e a sessão acontecem nesta sexta-feira (29), a partir das 14h30, no Plenário Nagib Haickel, com a presença do presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PCdoB), e de outros parlamentares. Durante o dia, os estudantes cumprem ainda uma agenda especial como parte do evento.

Os selecionados que residem no interior do Maranhão chegam em São Luís nesta quinta (28), dia que antecede o evento, e se juntarão aos demais jovens participantes da capital. Eles serão recepcionados por servidores do Cerimonial, da Consultoria Legislativa e da Comunicação. No mesmo dia, às 19h, funcionários da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e os consultores da Assembleia, Ana Elvira Bouéres e Aristides Lobão, se reúnem com os estudantes para dar boas-vindas e orientá-los sobre o decorrer da programação.

Na sexta, os alunos iniciam o dia realizando o cadastramento biométrico e, em seguida, às 8h30, assistem à palestra sobre Processo Legislativo, ministrada pelo consultor legislativo constitucional, Anderson Rocha. Às 9h30, os deputados estudantes começam a organizar as chapas para disputar a eleição da Mesa Diretora, e, às 10h30 visitam as instalações do Parlamento Estadual.

Seguindo o cronograma de atividades, os estudantes terão vivência com alguns deputados estaduais, às 13h30. A programação principal terá início às 14h, com a solenidade de abertura e posse dos deputados estudantes, seguida da eleição da Mesa Diretora, às 14h30.

Já a sessão plenária começa às 15h, momento em que os alunos vivenciam o rito do Legislativo Estadual, apresentam, debatem e votam nos projetos de leis, elaborados por eles mesmos, observando os problemas da sociedade e de acordo com a realidade dos maranhenses.

As proposições apresentadas pelos estudantes são voltadas, principalmente, para as áreas de Educação, Saúde, Segurança, Cultura e Meio Ambiente. A deputada estudante Alexia Gonçalves, da cidade de Matinha, por exemplo, é autora de projeto de lei que propõe a criação de cotas em escolas públicas de nível médio. O deputado Pedro Henrique, do município de Grajaú, por sua vez, defende, em seu PL, a diminuição do desmatamento provocado pela criação de bovinos.

Zona Rural começa a receber asfaltamento da Prefeitura de São Luís

O prefeito Edivaldo lançou um pacote de obras de terraplanagem e asfaltamento começando pelos bairros Tibiri, Tibirizinho e Rio do Meio

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) chegou com as ações do programa São Luís em Obras à zona rural. Na manhã desta quarta-feira (27) Edivaldo lançou um pacote de obras de terraplanagem e asfaltamento na região, começando pelos bairros Tibiri, Tibirizinho e Rio do Meio.

Serão cerca de 7 km de ruas e avenidas contempladas neste primeiro lote de obras, incluindo a implantação de ruas. Desde cedo as máquinas chegaram à Rua Principal do bairro Tibirizinho, que faz parte do corredor viário da região.

Em diversas ruas do entorno será a primeira vez, em quase 60 anos, que será implantada pavimentação, razão pela qual os moradores receberam o pedetista com festa.

Os serviços que estão sendo executados irão melhorar a qualidade de vida de quem mora na área, facilitando a mobilidade, acabando com a poeira e lamaçal, além de reforçar os investimentos que o pedetista vem fazendo na região desde seu primeiro mandato.

A manhã desta quarta-feira foi de agenda intensa para Edivaldo. Após sair da zona rural ele foi para a Rua 18 de Novembro, na Camboa, onde também fez o lançamento de obras de asfaltamento. Os bairros Camboa e Sitio do Meio receberão quase 7 km de asfalto.

Eduardo Braide anuncia filiação ao Podemos

A filiação do parlamentar vai ser na próxima sexta-feira (29), 15h, no Hotel Abbville, no São Francisco.

O deputado federal e pré-candidato a prefeito em São Luís, Eduardo Braide, anunciou a data de sua filiação ao Podemos, partido pelo qual deve disputar a eleição em 2020.

Braide sai do PMN – que não passou pela Cláusula de Barreira – após passar vários anos na presidência. Mas continua com o domínio do partido que vai ser presidido por seu irmão, Fernando Braide.

A filiação do parlamentar vai ser na próxima sexta-feira (29), 15h, no Hotel Abbville, no São Francisco.

O pré-candidato chega em 2020 em um partido que o dará melhores condições para disputar a sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Jr. (PDT).

Nas eleições de 2016, Braide chegou a ir para o segundo turno, mas ficou em segundo lugar com 243.591 mil votos, sendo vencido pelo candidato pedetista. Nas eleições de 2018, ele foi o deputado federal mais bem votado na capital, saindo das urnas com 131.553 mil votos, apenas em São Luís.

“Isso vai representar um grave retrocesso”, comenta Othelino sobre proposta de unificar recursos da educação e saúde

Os preparativos para o Parlamento Estudantil 2019, que acontece nesta sexta-feira (29), a redução do Bolsa Família e as declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre AI-5 estiveram entre os assuntos abordados pelo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), na 17ª edição do Podcast “Diálogo com Othelino’. O parlamentar também repercutiu sua participação no Encontro Estadual de Vereadores, em Barra do Corda, e anunciou a realização do Encontro de Vereadores do Médio Sertão, em Passagem Franca, nesta sexta-feira (29).

Sobre a nova edição do Parlamento Estudantil, Othelino destacou a importância do ato para promover e estimular à reflexão dos estudantes maranhenses sobre a política local e nacional. Ele informou que foram selecionados 22 deputados estudantes pela Consultoria Legislativa da Assembleia, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

“É uma oportunidade para que os estudantes conheçam melhor o Parlamento e compreendam a importância da participação política, do engajamento e entendam como os políticos exercem os mandatos conferidos pela sociedade. E neste momento por que passa o Brasil torna-se mais importante ainda que os jovens conheçam o Legislativo como peça essencial do estado democrático de direito”, explicou Othelino Neto.

Othelino Neto comentou ainda que, na oportunidade, alertou secretários e prefeitos sobre a PEC em tramitação no Congresso Nacional, que propôs a unificação dos recursos da educação e da saúde. “Isso vai representar um grave retrocesso para o ensino público no Brasil, em razão de que as demandas da saúde são sempre emergenciais, ou seja, os recursos acabarão indo, em sua grande maioria, para essa área, prejudicando a educação. Por isso, é importante que comecem a debater o assunto, conversem com os deputados federais e senadores, porque precisamos ter cuidado com essas ações que podem enfraquecer o ensino público brasileiro”, pontuou.

No podcast, o parlamentar também esclareceu o teor do Projeto de Lei 014/2019, que, segundo ele, não promoveu a Reforma da Previdência, mas apenas adequou as alíquotas de contribuição ao Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria (Fepa).

“Os itens que consideramos que retiram direitos não foram incluídos, como a questão dos descontos dos pensionistas quando o aposentado falecer, o tempo de contribuição e a idade mínima para aposentadoria. Esses aspectos foram preservados para que o Estado possa fazer a reforma como estabelece a Constituição, afinal, o sistema previdenciário precisa sim de reajustes, mas não retirando o caráter solidário da seguridade social”, explicou Othelino.

Em relação aos últimos acontecimentos no cenário político nacional, Othelino Neto comentou a redução do Bolsa Família e as declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre AI-5. Para o presidente da Assembleia, retirar programas sociais e direitos que foram adquiridos pela população brasileira vai condenar mais pessoas a viverem em estado de miséria. “É necessário que a sociedade esteja atenta, que o Congresso Nacional se posicione sobre isso, porque o programa não é da gestão do PT, é uma iniciativa de estado que contempla e permite que milhões de brasileiros tenham minimamente acesso ao consumo”, avaliou.

Maranhão recebe nesta semana reuniões dos Consórcios Amazônia Legal e Brasil Central

Os encontros vão reunir chefes do Executivo e representantes das duas regiões

A cidade de São Luís sedia nesta semana as reuniões 19º Fórum de Governadores da Amazônia Legal e a 21ª edição do Fórum de Governadores do Consórcio Interestadual para o Desenvolvimento do Brasil Central. Os encontros vão reunir chefes do Executivo e representantes das duas regiões.

Trata-se de uma iniciativa para estreitar parcerias e cooperação, além de debater temas pertinentes à região. Cada um dos Fóruns formou um Consórcio entre os Estados para poder, por exemplo, fazer compras conjuntas e ações interestaduais em áreas como Segurança e Tecnologia.

“Nesta semana, o Maranhão sediará duas importantes reuniões de Consórcios governamentais. Na quinta-feira recebo governadores da Amazônia Legal e na sexta-feira governadores do Brasil Central”, afirmou o governador Flávio Dino.

Os governadores da Amazônia Legal se reúnem na quinta-feira (28) no Hotel Grand São Luís e no Palácio dos Leões. Estarão representados os nove estados que compõem a região (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins).

Em pauta, temáticas relacionadas ao desenvolvimento sustentável da região amazônica, clima e políticas sociais.

Na sexta (29), é a vez Consórcio Brasil Central. Além do governador Flávio Dino, o evento contará com a participação dos governadores dos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Tocantins e do Distrito Federal.

A ideia é que até 2028 a região do Brasil Central seja a mais integrada e com maior índice de desenvolvimento sustentável da América do Sul.

Deputado Zé Inácio participa de Congresso Nacional do PT

A chapa Lula Livre Para Mudar o Brasil, à qual o deputado faz parte, obteve 46% dos votos para composição do Diretório Nacional

Durante o evento foi realizada eleição para presidente nacional do partido e do diretório nacional. A eleição para o comando do partido foi disputada por três candidatos: Gleisi Hoffmann, deputada federal e atual presidente, a deputada federal Margarida Salomão e Walter Pomar, historiador filiado ao PT.

Gleisi Hoffmann foi reeleita para a presidência do partido, recebendo 558 votos dentre os 792 delegados do PT de todo o país que participaram da eleição.

A chapa Lula Livre Para Mudar o Brasil, à qual o deputado faz parte, obteve 46% dos votos para composição do Diretório Nacional. A tese vencedora no Congresso, da corrente Construindo um Novo Brasil, reafirma a oposição do PT ao governo federal.

Segundo Zé Inácio “A tese principal é a defesa da liberdade plena de Lula, e o PT concentrará esforços pela anulação da condenação do ex-presidente e na luta contra os retrocessos do Governo Bolsonaro, que ameaçam a democracia e a soberania do país”.