Parlamentares defendem sustentabilidade no 19º Fórum de Governadores da Amazônia Legal

Durante o evento, Othelino destacou a importância da preservação do bioma e de iniciativas que busquem o desenvolvimento sustentável de suas potencialidades.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), deputado Othelino Neto (PCdoB), acompanhado de vários parlamentares, participou, nesta quinta-feira (28), da Assembleia Geral do 19º Fórum de Governadores do Amazônia Legal, que aconteceu no Palácio dos Leões, em São Luís. Durante o evento, Othelino destacou a importância da preservação do bioma e de iniciativas que busquem o desenvolvimento sustentável de suas potencialidades.

O evento reuniu governadores de oito dos nove estados que compõem a região, entre eles, o governador do Maranhão, Flávio Dino, anfitrião do evento, além de Waldez Góes (Amapá), Hélder Barbalho (Pará), Wilson Lima (Amazonas), Mauro Carlesse (Tocantins), Mauro Mendes (Mato Grosso), Coronel Marcos Rocha (Rondônia) e Antônio Denarium (Roraima). Eles discutiram parcerias e medidas para o desenvolvimento sustentável da Amazônia.

Othelino frisou a importância do encontro, que debateu temas relativos ao desenvolvimento sustentável da Amazônia e as condições para o crescimento da região preservando seus recursos naturais. Também foi discutida a formação do Consórcio dos Estados da Amazônia Legal, considerado pelo presidente da Alema como um importante instrumento de gestão.

“A Amazônia brasileira tem o maior patrimônio ambiental do planeta. É preciso que nós encontremos alternativas econômicas, para que possamos gerar riquezas a partir da utilização racional dos recursos ambientais e da manutenção das florestas”, assinalou Othelino.

Também participaram do evento os deputados Glalbert Cutrim (PDT), vice-presidente da Alema; Zito Rolim (PDT), Daniella Tema (DEM), Rafael Leitoa (PDT), Duarte Jr. (PCdoB), Cleide Coutinho (PDT) e Mical Damasceno (PTB). Os parlamentares destacaram a importância da agenda ambiental para os estados que compõem a Amazônia Legal.

“Vemos, aqui, estados governados por diferentes posições partidárias, de direita e de esquerda, mas todos lutando em prol de um benefício só, que é a preservação da Amazônia. Ficamos felizes em ver a maturidade política de todos os governadores e tenho certeza que o lucro vai ser para o povo do Brasil”, declarou o deputado Glalbert Cutrim.

O governador Flávio Dino agradeceu a presença dos governadores e pontuou que o tema principal da reunião foi a linha de intervenção dos estados, que compõem a Amazônia Legal, na reafirmação de um modelo de desenvolvimento sustentável para o país. “Discutimos os compromissos que nós temos de auxiliar, no ponto de vista de contribuir para a execução das medidas protetivas e mitigadoras das mudanças climáticas”, enfatizou.

Assembleia Legislativa do Maranhão vai homenagear empresário e ex-senador João Vicente Claudino

A Assembleia Legislativa, por meio dos Projetos de Resolução 096/10 e 097/19, de autoria da deputada estadual Mical Damasceno (PTB), prestará homenagem ao empresário e ex-senador João Vicente de Macedo Claudino, filho de João Claudino Fernandes. Ele receberá, no próximo dia 6, às 11h, no plenário Nagib Haickel, o Título de Cidadão Maranhense e a Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman, honrarias aprovadas por unanimidade pelos parlamentares.

Na justificativa, a deputada Mical destaca os relevantes serviços prestados na área empresarial. “Atua sempre com brilhantismo e capacidade em prol da comunidade maranhense, assim como de outros estados. Suas empresas são responsáveis por gerar milhares de empregos e renda para as famílias do Maranhão, contribuindo assim para o desenvolvimento social e econômico do Estado”, acentuou.

João Vicente de Macêdo Claudino nasceu no dia 9 de fevereiro de 1963, na cidade de Cajazeiras, Paraíba, filho de João Claudino Fernandes e de Maria Socorro de Macêdo Claudino. É casado com Joselene Claudino e pai de cinco filhos. Iniciou seus estudos em Teresina (PI), onde cursou o 1º grau nas escolas Santo Antonio, Dom Bosco e Colégio São Francisco de Sales – o Diocesano. Suas atividades empresariais hoje se estendem para as regiões sul e sudeste do país, com importantes funções no Grupo Claudino. Ele é sócio proprietário da Socimol S/A (fabricante de imóveis).

A experiência trouxe a confirmação de sua competência profissional. Sua preocupação com o desenvolvimento do Piauí o levou a ocupar outros cargos, inclusive no primeiro escalão do Governo do Estado e em entidades representativas das categorias industrial e logística.

Nas eleições de 2006, ele foi eleito senador pelo PTB do Piauí, com 926.631 votos, o que corresponde a 65% dos votos válidos. Na disputa, derrotou seu principal adversário na campanha, Hugo Napoleão do Rego Neto.

O governador e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, Wellington Dias (PT) e Themístocles Filho (MDB), respectivamente, deverão prestigiar a solenidade em homenagem a João Claudino.

PSDB tem boas chances com Wellington do Curso

Mesmo com todos os números, Wellington não é projeto prioritário no PSDB, partido liderado pelo senador Roberto Rocha.

Mesmo bem posicionado nas pesquisas, o deputado estadual Wellington do Curso está longe de ser projeto prioritário no PSDB para as eleições na capital São Luís, em 2020.

Na última pesquisa Exata, divulgada no final de semana, Wellington do Curso apareceu em segundo lugar com 12% das intenções de voto. Em outras, o parlamentar aparece em terceiro lugar.

Vale lembrar que em 2016, Wellington saiu das urnas com 103.951 mil votos, ficando em terceiro lugar.

Mesmo com todos esses números, Wellington não é projeto prioritário no PSDB, partido liderado pelo senador Roberto Rocha. Pelo visto, uma candidatura própria também não está nos planos da legenda.

Em 2016, o senador indicou seu filho, o ex-vereador Roberto Rocha Júnior para a vaga de vice-prefeito da chapa de Wellington, que competia pelo Progressistas (antigo PP). Possivelmente, os planos de Roberto Rocha seja o mesmo, indicar seu filho novamente para vice de uma candidatura competitiva.

PCdoB preparado para novos desafios

O PCdoB se prepara agora para eleger um número maior de prefeitos em 2020, além de defender o nome do governador Flávio Dino como candidato a presidente da República, em 2022

Passada a 16ª edição da Conferência Estadual do PCdoB Maranhão, realizada no final de semana, a legenda agora se prepara para novos desafios. Desafios esses, comandados pelo deputado federal e ex-secretário de Estado de Comunicação Social e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, que foi reeleito presidente estadual da legenda.

“Com muita honra e com responsabilidade cada vez maior, assumo a tarefa de continuar comandando o partido no Maranhão. Agradeço a confiança da militância partidária em todo nosso estado. Continuarei me dedicando ao máximo para manter o PCdoB na rota do crescimento, da ampliação de espaço e da construção de alternativas não apenas para o Maranhão, mas também para o Brasil”, afirmou.

A 16ª Conferência foi sucesso de público, sendo a maior já realizada no Maranhão. Reunindo quase 600 pessoas e foi marcada pelas participações da presidenta nacional da sigla e atual vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, e do governador Flávio Dino.

Maior legenda do Maranhão, o PCdoB tem o comando do Governo do Estado representado pelo governador Flávio Dino. Nas eleições de 2018 elegeu dois deputados federais e seis deputados estaduais, além de ter o comando da Assembleia Legislativa do Maranhão, com Othelino Neto. Nas eleições de 2016, a legenda elegeu 46 prefeitos, ficando em primeiro lugar entre todos os partidos.

O partido se prepara agora para eleger um número maior de prefeitos em 2020. A meta está entre 50 a 60 prefeitos no Maranhão. As pretensões para 2022 são ainda maiores. Se depender da militância e dos ânimos da Conferência, o governador Flávio Dino estará entre os candidatos à Presidência da República.

Destacadamente um dos melhores governadores do Brasil, Flávio Dino segue liderando o protagonimo do PCdoB no Maranhão e deve levar para todo o país a mensagem de um governo voltado para todas as pessoas.