Ilha de São Luís registra queda de casos do novo coronavírus pelo segundo dia

Atualmente, 171 municípios têm casos confirmados de COVID-19 no estado

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registra, nesta quarta-feira (13), 689 novos casos positivos de COVID-19, sendo 551 no interior.

A Grande Ilha apresenta queda dos novos casos distribuídos por São Luís (123), São José de Ribamar (12), Paço do Lumiar (3); Raposa não apresenta casos novos.

De acordo com os dados, subiu para 9.801 o número de casos positivos, sendo 470 óbitos e 2.529 pessoas recuperadas.

Atualmente, 171 municípios têm casos confirmados de COVID-19 no estado.

Até o momento, o Maranhão contabiliza 19.193 testes para diagnóstico de Covid-19 e 4.406 casos seguem suspeitos.

Edivaldo confirma abertura da primeira unidade municipal de longa permanência para o acolhimento de idosos em São Luís

O espaço vai garantir que idosos em situação de vulnerabilidade tenham a assistência necessária

O prefeito Edivaldo Holanda Junior anunciou a abertura da primeira unidade municipal de longa permanência para o acolhimento de idosos em São Luís. O espaço vai garantir que idosos em situação de vulnerabilidade tenham a assistência necessária, recebendo cuidados de saúde, psicológicos entre outros, além de abrigo. O anúncio foi feito por meio das redes sociais na tarde desta quarta-feira (13).

“Mais que um compromisso, a abertura deste abrigo é um sonho que nos permite ampliar a atenção e o cuidado com este segmento da população, sobretudo os mais vulneráveis”, disse Edivaldo.

O abrigo vai funcionar no bairro Olho d’Água, mas por causa da pandemia, o local só vai começar a receber os primeiros idosos daqui cerca de dois meses. O local conta com assistentes sociais, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, técnicos de enfermagem; cuidadores sociais entre outros.

A Assistência Social tem sido uma das prioridades da gestão Edivaldo à frente da Prefeitura de São Luís, que já realizou concurso público para reforçar o quadro de servidores da área, além executar a reforma dos diversos equipamentos sociais administrados pelo Município.

A unidade será gerenciada por meio de parceria com o Instituto Pobres Servos da Divina Providência. A implantação do abrigo teve apoio da Fundação Vale por meio do Conselho Municipal de Direitos do Idoso da Rede de Atenção à Pessoa Idosa.

Governo abre seletivo para contratação imediata de profissionais para o Hospital de Campanha de São Luís

As inscrições podem ser realizadas exclusivamente pela internet, no site da EMSERH em: www.emserh.ma.gov.br

Estão abertas, até esta quarta-feira (13), as inscrições para o seletivo para a contratação de profissionais que atuarão no combate à Covid-19 no Hospital de Campanha de São Luís, que será entregue pelo Governo do Estado nos próximos dias. O processo, que segue as diretrizes do Plano de Contingência Estadual para o enfrentamento ao novo coronavírus, será realizado pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH). As vagas são para contratação imediata de profissionais de nível superior, médio, técnico e fundamental em cargos variados. 

As inscrições podem ser realizadas exclusivamente pela internet, no site da EMSERH em: www.emserh.ma.gov.br, com preenchimento de formulário eletrônico e envio dos documentos necessários. Estão sendo oferecidas vagas para assistente social, farmacêutico, nutricionista, psicólogo (nível superior), técnico de enfermagem, assistente administrativo, recepcionista, auxiliar de farmácia, maqueiro, técnico de Segurança no Trabalho (nível médio), auxiliar de Serviços Gerais e agente de Portaria (nível fundamental).   

O resultado final do Processo Seletivo levará em conta o somatório de pontos obtidos pelo candidato na Avaliação de Títulos e/ou Experiência Profissional e será divulgado no site da EMSERH, nos próximos dias. 

Maranhão terá feriado estadual nesta sexta-feira (15)

A medida foi adotada para reforçar o isolamento social e evitar a disseminação maior do coronavírus

Esta sexta-feira (15) será feriado no Maranhão. É uma antecipação do feriado estadual de 28 de julho, quando se comemora a adesão do Maranhão à Independência do Brasil.

A medida foi adotada para reforçar o isolamento social e evitar a disseminação maior do coronavírus. 

Ou seja, o feriado não é para as pessoas viajarem. E, sim, para que fiquem em casa. As entradas e saídas de São Luís vão continuar bloqueadas.

A antecipação só vale para este ano e não impede que, em 28 de julho, sejam realizadas as comemorações pela data. Apenas não será feriado.

A antecipação do feriado havia sido estabelecida antes da decisão da Justiça que estendeu o lockdown na Ilha de São Luís até o domingo (17). A decisão foi tomada nesta terça-feira (12) pelo Poder Judiciário e foi acatada pelo Governo do Maranhão.