Maranhão registra 856 novos casos de coronavírus em um só dia

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Maranhão chegou a 6.765 infectados

É cada vez mais assustadora a apresentação do boletim de novos casos de coronavírus no Maranhão. Após registrar 520 casos quinta-feira (07), nesta sexta-feira, o Governo do Maranhão divulgou 856 novos casos, evidenciando que o Estado atravessa um momento difícil.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Maranhão chegou a 6.765 infectados.

Mais 25 óbitos, foram registrados fazendo o número total chegar a 355 óbitos.

Atualmente, 153 municípios têm casos confirmados de COVID-19 no estado.

Oitocentas e noventa e seis pessoas estão internadas, sendo 282 em UTI e 614 em leitos de enfermaria. Mais de três mil e novecentas pessoas estão em isolamento domiciliar. Os outros casos positivos registrados são monitorados pelo Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS). Atualmente, 1587 pessoas receberam alta da quarentena (recuperados).

Até o momento, o Maranhão contabiliza 14.081 testes para diagnóstico de Covid-19 e 6.838 casos seguem em suspeito.

Assembleia realiza na próxima segunda nova sessão com votação remota para apreciar matérias de enfrentamento à Covid-19

A sessão será transmitida ao vivo pela TV Assembleia, no canal aberto digital 51.2, canal 17 na TVN, site www.al.ma.leg.br/tv, rádio web, www.radioalema.com, e na página oficial da TV no Facebook.

A Assembleia Legislativa do Maranhão vai realizar, na próxima segunda-feira (11), às 10h, nova Sessão Extraordinária com Votação Remota por Videoconferência, ocasião na qual serão apreciadas matérias urgentes relacionadas às estratégias de enfrentamento à Covid-19 no estado. A convocação foi feita pelo presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PCdoB), nesta sexta-feira (8).

A sessão será transmitida ao vivo pela TV Assembleia, no canal aberto digital 51.2, canal 17 na TVN, site www.al.ma.leg.br/tv, rádio web, www.radioalema.com, e na página oficial da TV no Facebook.

Entre as proposições em pauta estão os Projetos de Lei Ordinária 125/2020 e 126/2020, do deputado Othelino Neto (PC do B), sendo que o primeiro estabelece normas de concursos públicos para profissionais da área de saúde que atuaram no combate à Covid-19, no âmbito da Administração Pública Estadual do Maranhão; e o outro que dispõe sobre o registro do Boletim de Ocorrência, na Delegacia Online, dos crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher, durante o período de duração da pandemia, no estado.

Na Ordem do Dia, constam ainda dois projetos de lei de autoria do deputado Dr. Yglésio (PROS), entre eles o PL 081/2020, que suspende os prazos relativos aos concursos públicos em razão da pandemia da Covid-19; e o 099/2020, que trata das diretrizes para o enfrentamento do estado de calamidade pública decorrente da pandemia, no âmbito do Maranhão.

Também serão apreciados o Projeto de Lei 086/2020, do deputado Neto Evangelista (DEM), que dispõe sobre medidas de proteção aos maranhenses durante o plano de contingência do Governo do Estado ao novo coronavírus; e o PL104/2020, de autoria do deputado Felipe dos Pneus (PRTB), que estabelece isenção no pagamento de multa pela rescisão contratual (cláusula de fidelidade) nos contratos mantidos por consumidores com empresas de telefonia, TV a cabo, internet e assemelhadas, durante o período em que for reconhecida a situação de calamidade pública no Maranhão.

Os Projetos de Lei 111/2020 e 100/2020, de autoria da deputada Helena Duailibe (Solidariedade), também estão na pauta: o primeiro disciplina a venda de álcool em gel e outros produtos higiênicos em farmácias e demais estabelecimentos comerciais e o outro estabelece a suspensão do desconto salarial de empregados públicos e aposentados pelo Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria.

Zé Inácio propõe serviço de comunicação para auxiliar familiares dos pacientes internados com COVID-19

O serviço propõe a implantação de um serviço de comunicação com o objetivo de auxiliar familiares dos pacientes internados com quadro de infecção por COVID-19, fornecendo informações sobre o quadro clínico

O deputado estadual Zé Inácio (PT) propôs a implantação de um serviço de comunicação, o CONTAC CENTER – via aplicativo WhatsApp – no Maranhão, com o objetivo de auxiliar familiares e/ou responsáveis dos pacientes internados com quadro de infecção por COVID-19, fornecendo informações sobre o quadro clínico, dados e orientações relacionadas a estes pacientes.

“Como se sabe, as pessoas infectadas que estão internadas não podem ser acompanhadas de familiares e/ou responsáveis nos hospitais, medida adotada para evitar o aumento do contágio da COVID-19, sobretudo em hospitais, onde o risco de contaminação é ainda maior. Por isso, tendo em vista as dificuldades que os familiares e responsáveis dos pacientes internados enfrentam para obter informações e boletins médicos sobre o quadro clínico destes, faz-se necessário a implantação de um serviço de comunicação”, afirma o deputado.

Com o crescente número de casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no Maranhão, o número de internações em leitos de UTI de todo o Estado tem crescido constantemente. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde – SES, o número de casos confirmados ativos já passa de 3.600 (três mil e seiscentos) no Maranhão na data de 06 de maio de 2020.

“Esta é uma medida inovadora e necessária, já que inúmeras famílias sofrem com a falta de informação precisas sobre a saúde de seus entes. Essas informações poderiam ser passadas aos familiares por profissionais de assistência social ou enfermagem via chamada de vídeo”, diz Zé Inácio.

O deputado sugere ainda que o Contact Center também pode ser adotado pelos gestores municipais.

O Contact Center é, na verdade, uma evolução do modelo tradicional de Call Center. Nesse novo modelo de atendimento, o foco sai um pouco das chamadas telefônicas e se volta para sistemas de atendimento digital mais modernos, a exemplo de e-mails, SMS, WhatsApp e outras redes sociais.

Mais restrições – Flávio Dino anuncia rodízio de veículos e antecipação de feriado

A MP será publicada ainda nesta sexta-feira (8) e aplicada a partir de segunda-feira (11).

Em entrevista coletiva virtual realizada nesta sexta-feira (8), o governador Flávio Dino (PCdoB) divulgou novas medidas para combater o crescimento do novo coronavírus no estado. Ele anunciou rodízio para veículos, antecipação de feriado para aumento em um dia do lockdown e novas medidas para aumento de multas à agências bancárias.

O rodízio de veículos entra em vigor na próxima segunda-feira (11) e se estende até quinta-feira (14). De acordo com Flávio Dino, os veículos com placas ímpares só poderão circular segunda (11) e quarta (13) e as pares só poderão circular na terça (12) e quinta (14).

Transporte por aplicativo, táxis, veículos de empresas de atividade essencial não entrarão no rodízio. Entretanto, trabalhadores essenciais não poderão utilizar veículos particulares dentro do rodízio.

Flávio Dino anunciou que irá antecipar o feriado estadual do dia 28 de julho (Adesão do Maranhão à Independência) para o dia 15 de maio (sexta-feira) para estender o lockdown que tem vigência até 14 de abril (quinta-feira).

O governador vai editar uma medida provisória aumentando a multa para agências bancárias sobre aglomerações. A MP será publicada ainda nesta sexta-feira (8) e aplicada a partir de segunda-feira (11).

Durante a coletiva, Flávio Dino apontou a diminuição de circulação de passageiros em ônibus urbano e semi-urbano, que caiu de 641 mil para pouco mais de 96 mil pessoas, apontando assim que o lockdown começa a dá resultados.

Maranhão registra mais de 500 casos coronavírus em 24 horas

Os 500 novos casos em 24 horas acendem o sinal vermelho das autoridades da saúde sobre um possível colapso no sistema público de saúde.

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) contabilizou 520 novos casos positivos de COVID-19 no Maranhão. O número divulgado na noite de quinta-feira (7) é um triste recorde no número de novos infectados.

De acordo com os dados, subiu para 5.909 o número de casos positivos, sendo 330 óbitos. A Secretaria de Estado da Saúde também registra 1.534 pessoas recuperadas.

Até o momento, o Maranhão contabiliza 12.579 testes para diagnóstico de Covid-19 e 7.673 casos continuam em suspeitos.

Os 500 novos casos em 24 horas acendem o sinal vermelho das autoridades da saúde sobre um possível colapso no sistema público de saúde.