Governo do Maranhão apresenta Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19

Plano de Vacinação apresentado nesta segunda-feira (Foto: Gilson Teixeira)

Durante coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (11), o Governo do Maranhão apresentou o Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19, que tem como objetivo estabelecer as ações e estratégias para a operacionalização da imunização. A elaboração do Plano integra as estratégias do Estado que precedem a vacinação.

De acordo com o governador em exercício, Carlos Brandão, a rede estadual de saúde está preparada para realizar a imunização.

O Plano Estadual de Vacinação trata de ações como a capacitação de profissionais da saúde, a logística de distribuição e armazenamento, as estratégias para a imunização, os grupos prioritários para a primeira fase da campanha e a estimativa de vacinas necessárias.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, nos próximos dias, o Governo Federal deve anunciar a data do início da vacinação, que deve acontecer de forma simultânea em todos os estados da Federação. 

Após o recebimento das doses que virão de Fortaleza para São Luís, as vacinas serão armazenadas na Rede de Frio do Estado, localizada em São Luís. Em seguida, a SES fará a distribuição, em até três dias, para as Regionais de Saúde por transporte aéreo. Ao todo, 1.750.338 pessoas devem ser vacinadas na primeira etapa da campanha, que deve ser concluída em sete semanas. O plano completo está disponível em www.saude.ma.gov.br. 

Famem: capacitação de gestores e diversas ações marcam gestão de Erlânio Xavier

Durante os dois anos de gestão do prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier, à frente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), diversos cursos e treinamentos para orientar e levar capacitação às prefeituras maranhenses foram realizados, dentre eles o de Regularização Fundiária como Instrumento de Aumento da Arrecadação Municipal, que contou com a participação do Judiciário, Governo do Estado e da União.


Com o objetivo de transferir esclarecimentos sobre os ganhos econômicos, promoção da saúde pública e segurança alimentar garantidos, a gestão de Erlânio também realizou um Seminário sobre o Sistema de Inspeção Municipal (SIM), que influenciaram positivamente na empregabilidade, na capacitação de profissionais, no desenvolvimento econômico e principalmente na comercialização de produtos com maior segurança sanitária.


Em parceria com a UNDIME, a Famem também realizou o encontro estadual sobre Educação em Barra do Corda para tratar de assuntos referentes à melhorias no Ensino Básico.
Outro curso importante promovido pela entidade foi o de Pregão Eletrônico à Luz do Decreto 1024/2019, que contou com a participação de mais de 150 pessoas.


Ainda no ano de 2020, a Famem promoveu uma capacitação para equipes das coordenadorias municipais de Defesa Civil a fim de prevenir o atendimento às vítimas das enchentes. Outros tantos cursos e eventos também foram realizados no mandato do presidente Erlânio Xavier, que investiu no conhecimento e capacitação de quase 2000 mil gestores, secretários municipais, assessores e auxiliares das administrações municipais.

Banco do Brasil prevê fechar 112 agências e desligamento de 5 mil funcionários

Nesta segunda-feira (11), o Banco do Brasil (BB) informou ao mercado que aprovou um plano de reorganização para ganhos de eficiência operacional que prevê, entre outras medidas, o fechamento de 112 agências da instituição, além da criação de um Programa de Adequação de Quadros (PAQ) e de um Programa de Desligamento Extraordinário (PDE).

Com o plano de reorganização, serão desativadas 361 unidades, sendo 112 agências, sete escritórios e 242 postos de atendimento.

“A reorganização da rede de atendimento objetiva a sua adequação ao novo perfil e comportamento dos clientes e compreende, além das medidas de otimização de estrutura descritas acima, outros movimentos de revisão e redimensionamento nas diretorias, áreas de apoio e rede, privilegiando a especialização do atendimento e a ampliação da oferta de soluções digitais”, informou o comunicado do BB.

Além disso, o banco aprovou um Programa de Adequação de Quadros (PAQ) para otimizar a distribuição da força de trabalho, equacionando as situações de vagas e excessos em suas unidades, e um Programa de Desligamento Extraordinário (PDE), disponível a todos os funcionários do BB que atenderem aos pré-requisitos.

“A estimativa do BB é que cerca de 5 mil funcionários venham a aderir aos dois programas de desligamento”, diz o banco, complementando que o número final de adesões, assim como o respectivo impacto financeiro, serão informados após o encerramento dos períodos de adesão, que ocorrerá até 5 de fevereiro.

“Disputa na Famem não vai gerar retaliação a prefeitos”, garante Flávio Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB) se posicionou sobre as movimentações acerca da eleição da Federação dos Municípios (Famem). Em resposta a alguns aliados que tem tentado influenciar na eleição, Dino ressaltou:

Não haverá qualquer tipo de retaliação do meu governo a prefeitos que optarem por A ou por B”, escreveu o governador em um grupo de whatsapp.

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB), candidato a presidente da entidade, vincula sua campanha ao vice-governador Carlos Brandão (Republicanos), que está no exercício do governo e tem usado a estrutura do Palácio dos Leões para conseguir apoios ao seu aliado.

A reeleição na Famem acontecerá nesta quinta-feira (14) e o atual presidente, Erlânio Xavier (PDT), está em vantagem, com o apoio de 180 prefeitos que devem votar.

Quem não votou no primeiro turno das eleições 2020 tem até quinta para justificar ausência

Nesta quinta-feira (14), encerra o prazo para o eleitor que não compareceu às urnas no primeiro turno das eleições municipais de 2020 justificar a ausência. Caso o procedimento não seja realizado, será preciso pagar uma multa. Quem não regularizar a situação, ficará sujeito a restrições.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomenda que a justificativa seja feita, preferencialmente, por meio do aplicativo e-Título, disponível para celulares com sistemas operacionais Android ou iOS, e também pela internet, por meio do Sistema Justifica, ou ainda de modo presencial, no Cartório Eleitoral. Em qualquer um dos casos, o eleitor precisará preencher um Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), descrevendo por que não votou. O TSE pede que seja anexada documentação que comprove a razão da falta.

Caso o requerimento seja negado, para regularizar a situação o eleitor precisará pagar a mesma multa de quem perdeu o prazo para a justificativa. O valor da multa pode variar de acordo com o estipulado pelo juízo de cada zona eleitoral. Existe a possibilidade de o eleitor solicitar isenção, se puder comprovar que não tem recursos para arcar com a penalidade.

“Até o dia 30 de janeiro, teremos mudanças”, anuncia Flávio Dino

Nesta segunda-feira (11), o governador Flávio Dino (PCdoB) comunicou, pelo Twitter, que além das mudanças que ocorrem hoje em seu governo envolvendo as Secretarias de Articulação Política, das Cidades e Agricultura Familiar, outras devem ocorrer até o dia 30 de janeiro.

Dino está de férias desde o dia 5 de janeiro, mas no dia 30 de dezembro de 2020, ele anunciou mudanças na sua equipe de governo. Márcio Jerry foi indicado a SECID; Rubens Júnior para a SECAP e Rodrigo Lago para a SAF.

Dentre as próximas mudanças, especula-se mudança na SEDES, que hoje é comandada por Márcio Honaiser; na SEMU, que hoje é comandada por Nayra Monteiro, e o desmembramento da SECAP. A Comunicação também voltaria a ter uma pasta própria.

Negociações envolvendo a Assembleia Legislativa também estão entre as mudanças, dentre elas um interesse do Palácio dos Leões em manter Zito Rolim (PDT) e trazer Valéria Macedo (PDT) para ocupar a função de deputada estadual.