‘Arraiá do Povo’ será transmitido ao vivo pela TV Assembleia, Rádio Assembleia online e redes sociais

A festança, aberta ao público, acontecerá de 14 a 16 de junho, na área do estacionamento do Poder Legislativo, ao lado do Complexo de Comunicação.

A programação do ‘Arraiá do Povo’ 2019, iniciativa da Assembleia Legislativa do Maranhão, por meio do Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema), será transmitida, ao vivo, pela TV Assembleia (canal aberto digital 51.2 ou 17 TVN), Rádio Alema, site www.al.ma.leg.br/tv e redes sociais. A festança, aberta ao público, acontecerá de 14 a 16 de junho, na área do estacionamento do Poder Legislativo, ao lado do Complexo de Comunicação.

A exemplo do ano passado, próximo ao palco foi montada uma cabine onde a equipe de reportagem se posicionará para as transmissões ao vivo. Além disso, repórteres e cinegrafistas circularão por diferentes pontos da festa para flashes no decorrer da exibição. Matérias especiais serão veiculadas nos intervalos das apresentações.

Os internautas assistirão às apresentações pelo site (www.al.ma.leg.br/tv) ou via redes sociais. Na página do Facebook e do Instagram, tambémserão feitas transmissões ao vivo, além de stories e postagens dos melhores momentos.

O diretor de Comunicação da Assembleia, jornalista Edwin Jinkings, ressaltou que a transmissão ao vivo objetiva levar a beleza do São João do Maranhão aos mais diversos cantos do estado, de forma alegre e dinâmica. “Nossa equipe de profissionais está a postos para transmitir essa grande festa da cultura maranhense. Assim como no ano passado, a transmissão será ao vivo, com a cobertura de todas as atrações folclóricas e entrevistas com brincantes, líderes de grupos e, claro, com os parlamentares que visitarão o arraial. Os telespectadores e internautas terão a oportunidade de, mais uma vez, acompanhar o melhor do São João do Maranhão. Nosso objetivo é levar para todos a alegria do nosso folclore e a nossa diversidade”.

Márcio Jerry critica extinção de órgão de direitos humanos

O Ministério Público Federal (MPU) e Defensoria Pública da União (DPU) devem recorrer à Justiça para barrar a medida

O deputado Márcio Jerry criticou, nesta terça-feira (11), a demissão de onze integrantes do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT), um grupo do governo federal que monitora violações de direitos e atua para prevenir a prática de tortura no país.

“Mais um absurdo pra coleção do Jair Bolsonaro: a demissão dos 11 membros do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura. Meu absoluto repúdio a essa atrocidade institucional”, disse.

Em decreto publicado hoje, o presidente Jair Bolsonaro instituiu que o órgão passará a ser formado apenas por participantes não remunerados, sem vínculo com organizações não-governamentais ou instituições de ensino, enfraquecendo, na prática, a atuação do grupo e a defesa dos direitos humanos. Entre os trabalhos desenvolvidos pelo MNPCT estão relatórios sobre a situação de presídios como o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), no Amazonas, onde 111 presos foram mortos em massacres entre 2017 e 2019.

O Ministério Público Federal (MPU) e Defensoria Pública da União (DPU) devem recorrer à Justiça para barrar a medida.

Trabalhador morre após cair de prédio em construção na Península

O Corpo de Bombeiro foi chamado e esteve no local, mas a vítima já estava sem vida

Um trabalhador da construção civil morreu na manhã desta quarta-feira (12) após cair do 9° andar de um prédio em construção localizado na Península da Ponta D’Areia, em São Luís.

O operário foi identificado como Luiz Carlos Froes, de 59 anos, residente no bairro Anjo da Guarda. O trabalhador usava capacete e botas na hora do acidente, mas não estava com o cinto, outro item de EPI que poderia ter evitado o trágico acidente.

O Corpo de Bombeiro foi chamado e esteve no local, mas a vítima já havia morrido. O corpo foi encaminhado para o IML no campus da UFMA.

Jovem vítima de assalto em agência bancária morre em São Luís

Camila estava acompanhada de um policial militar durante a ação criminosa e foi atingida por disparos de arma de fogo

A jovem Camila Ribeiro Sousa Cardoso, de 23 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (12) em um hospital de São Luís. Ela foi vítima de um assalto na agência do Banco do Brasil, no bairro do Jaracati, na noite de domingo (9).

Camila estava acompanhada de um policial militar durante a ação criminosa e foi atingida por disparos de arma de fogo nas costas durante o assalto. O policial foi atingido em dos joelhos e não corre risco de vida.

Na troca de tiros, o policial acertou um dos assaltantes com cinco tiros, o bandido está internado no hospital Socorrão I, o outro assaltante fugiu do local.

PSDB fecha questão a favor da reforma da Previdência

A Executiva Nacional do partido e as bancadas tucanas na Câmara e no Senado ainda estão reunidas para decidir sobre outras questões da proposta – Foto George Gianni/ObritoNews

O presidente do PSDB, deputado Bruno Araújo (PE), anunciou nesta terça-feira, 11, que o partido fechou questão a favor da aprovação da reforma da Previdência. A Executiva Nacional do partido e as bancadas tucanas na Câmara e no Senado ainda estão reunidas para decidir sobre outras questões da proposta.

“O PSDB vai se posicionar em todos os temas relevantes ao País”, escreveu o parlamentar em sua conta no Twitter. Com a decisão, os parlamentares do PSDB terão que votar favoravelmente à proposta sob risco de serem penalizados internamente

O governador de São Paulo, João Dória, afirmou nesta manhã que é a primeira vez em 30 anos que o partido, como um todo, decide pelo fechamento de questão em torno de uma proposta.

O PSDB é o terceiro partido a tomar tal decisão. Em março, o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, também fechou questão em torno da reforma. A sigla informou na época que o parlamentar que não votar a favor das mudanças na Previdência pode até ser expulso da legenda. O Novo também fechou questão sobre a reforma da Previdência.

No Maranhão, o único parlamentar do PSDB é o senador Roberto Rocha.