CNN Brasil anuncia a contratação de Evaristo Costa e William Waack

Eles são os primeiros nomes oficialmente confirmados pelo canal de notícias, que deverá iniciar suas operações em vídeo até novembro.

A CNN Brasil anunciou nesta terça-feira (4) a contratação de Evaristo Costa e William Waack, ambos desligados da Globo em 2017, para seu time de apresentadores. Eles são os primeiros nomes oficialmente confirmados pelo canal de notícias, que deverá iniciar suas operações em vídeo até novembro.

O Notícias da TV Já havia antecipado em primeira-mão que Evaristo Costa estava negociando com o canal. Ele comandará um programa semanal, que mesclará jornalismo com entretenimento, diretamente de Londres (Inglaterra), cidade em que vive desde que deixou a Globo.

“Estou muito feliz de fazer parte do lançamento da CNN Brasil. E a oportunidade de apresentar meu programa diretamente do estúdio da CNN em Londres é algo único. Certamente é o movimento mais importante da minha carreira”, disse o jornalista no comunicado oficial.

Antes de fechar com a CNN, Evaristo virou foco do interesse de diversas concorrentes da Globo. O SBT chegou a desenvolver um projeto na linha do entretenimento para o apresentador, mas as conversas não foram para a frente. Até mesmo a Globo chegou a manifestar seu interesse em tê-lo de volta.

Já Waack, afastado da TV desde que foi demitido da Globo sob acusações de racismo, comandará um telejornal diário no horário nobre. O noticioso terá ampla cobertura de política, economia e internacional. Além da apresentação, ele também fará análises sobre os principais assuntos do dia. “É uma honra fazer parte desse projeto histórico para o jornalismo brasileiro. É também a realização de um sonho profissional: estar na maior empresa de notícias do mundo”, afirmou o jornalista.

Projeto de Raimundo Penha e Paulo Victor é aprovado e amplia licença paternidade em São Luís

A proposta visa adequar à legislação municipal ao que já foi estabelecido nas esferas federal e estadual

O plenário da Câmara Municipal aprovou nesta terça-feira (04), em votação terminativa, projeto de lei, de autoria conjunta dos vereadores Raimundo Penha (PDT) e Paulo Victor (PTC), que amplia o prazo da licença paternidade na cidade de São Luís. A matéria seguiu para sanção do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

A proposta visa adequar à legislação municipal ao que já foi estabelecido nas esferas federal e estadual, ampliando de cinco para vinte dias o benefício para servidores públicos municipais nas situações de nascimento de seu filho ou adoção de criança.

“Sou servidor público do município e sempre tive a consciência de que esta garantia também deveria ser estendida ao funcionalismo de São Luís. É mais um avanço para esta importante categoria”, afirmou Raimundo Penha.

Para Paulo Victor, a aprovação unânime do projeto, além de atender aos anseios dos pais servidores públicos, ratificou, mais uma vez, o compromisso do Parlamento Municipal para com os temas que verdadeiramente interessam a sociedade de São Luís.

O projeto de lei dá nova redação ao artigo nº 168, da Lei Municipal 4.615/06, que dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de São Luís.

Alema, Judiciário e Famem discutem acordo que permite transferências voluntárias aos municípios em processo de adesão ao SNT

Othelino Neto destacou a importância do acordo, que permite aos municípios voltarem a receber as transferências voluntárias do Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), recebeu, nesta terça-feira (4), o juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, Douglas de Melo Martins, e o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), prefeito Erlanio Xavier. Na pauta do encontro, a homologação do acordo judicial que permite a transferência voluntária de recursos do Estado aos municípios, em processo de adesão ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT).

Othelino Neto destacou a importância do acordo, uma vez que, além de permitir aos municípios voltarem a receber as transferências voluntárias do Estado, preserva algo importante, que é a adesão ao Sistema Nacional de Trânsito. 

“É importante para a sociedade, porque este é um problema de saúde pública grave, pois boa parte da superlotação dos hospitais se deve aos problemas com acidentes de trânsito, com pessoas, inclusive, ficando inválidas para sempre, assim como a questão da segurança pública. Com esse acordo judicial, se consegue uma solução que atende aos municípios, que precisam da parceria com os outros entes, mas, também, faz com que venham a aderir ao Sistema Nacional de Trânsito, que é muito importante”, assinalou Othelino.

O acordo surgiu como um desdobramento da decisão proferida pelo juiz Douglas de Melo Martins, que proibia o Estado de realizar transferências voluntárias aos municípios que não estivessem no Sistema Nacional de Trânsito, com o objetivo de pressionar os prefeitos a entrarem no SNT. A partir de então, estabeleceu-se um diálogo para encontrar um meio termo e uma solução, mediante compromissos formais dos prefeitos, mas que as Prefeituras também não ficassem impossibilitadas de receber essas transferências.

Segundo o presidente da Famem, atualmente, dos 217 municípios maranhenses, 58 já têm o trânsito municipalizado e cerca de 20 cidades estão em processo de municipalização. Erlanio Xavier garantiu que, agora, os municípios têm mais tempo para se organizar e a Famem, em parceria com o Detran, dará todo o suporte para que, até o final do ano, consigam estar com o seu trânsito municipalizado. O prefeito também agradeceu o apoio do presidente Othelino Neto na intermediação do diálogo.

Governo pode incluir apenas 10 estados na Reforma da Previdência

Nos últimos dias, a entrada ou não de estados e municípios na Reforma da Previdência ganhou destaque na mídia e no Congresso Nacional

O Governo Federal pode incluir na reforma previdenciária apenas os dez estados mais quebrados.

Segundo O Globo, a regra que está em estudo “prevê a adesão automática de entes com dívida igual ou superior a 70% da receita corrente líquida (disponível para gastar) apurada em 2017 e percentual de idosos na população igual ou maior que 10%”.

Os estados nessa categoria são: Acre, Alagoas, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Jeisael Marx propõe tornar terrenos baldios em hortas comunitárias

O proprietário cederia o terreno e a prefeitura faria a limpeza, forneceria as sementes e a comunidade cuidaria da horta

Em audiência pública realizada no final de semana, pela Associação de Moradores do Residencial Pinheiros, foram debatidos temas de interesse da comunidade e que contaram com a participação de lideranças e autoridades como os vereadores Joãozinho Freitas, Marcial Lima, Marquinhos, Sá Marques e o deputado estadual Wellington do Curso.

Quem também participou do evento foi o pré-candidato a prefeito de São Luís, jornalista Jeisael Marx, que apresentou propostas viáveis para a comunidade, entre elas, dá uma solução ao terrenos baldios que ajudam no surgimento do mosquito Aedes aegypti, além de ser um ponto usado por bandidos. A proposta do projeto é tornar o terreno em hortas comunitárias. O proprietário cederia o terreno e a prefeitura faria a limpeza, forneceria as sementes e a comunidade cuidaria da horta.

“Vários terrenos, sejam públicos ou privados, servem de abrigos de marginais, ficam cheios de mato e lixo. Se houvesse um projeto de iniciativa do executivo municipal, poderíamos transformar esses terrenos em hortas comunitárias, a exemplo do que já acontece em varias cidades do Brasil, como Campo Grande, Taubaté e São Paulo. Você resolve vários problemas com esta iniciativa: mantém a limpeza da área, dá ocupação para os jovens da comunidade, produz alimento, que pode servir como merenda em escolas comunitárias ou para famílias carentes e até mesmo serve como fonte de renda para a comunidade”, afirmou.