Em São Luís, Alceu Valença vai abrir São João do Maranhão

O repertório do cantor pernambucano estará recheado de grandes sucessos da música nordestina

A festa mais esperada do ano chegou e já terá na abertura os grandes sucessos da carreira de Alceu Valença. O cantor será a grande atração do início oficial do São João do Maranhão. O show será realizado na quarta-feira (19), às 23h, na Praça Maria Aragão. Antes dele, grupos de dança e de bumba-meu-boi também se apresentam no local.

O repertório do cantor pernambucano estará recheado de grandes sucessos da música nordestina. Além dos clássicos da voz do intérprete como Coração Bobo, Anunciação, Girassol, Alceu também tem em seu show homenagens a Luiz Gonzaga e outros nomes.

“Vai ser muito forró, muito baião, muito xaxado. Um abraço bem apertado”, diz Alceu. Também no dia da abertura se apresentam no Arraial da Praça Maria Aragão o Tambor de Crioula Brilho da União da Vila Mauro Fecury, Dança Portuguesa Império de Lisboa, Bumba Meu Boi Encanto do Olho D’Água, Boi Barrica e Show de Maracanã.

Neste ano, o São João do Maranhão tem arraiais oficiais em Imperatriz, de 12 a 15 de junho, e em São Luís, de 19 a 30 de junho no IPEM e na Praça Maria Aragão, e dias 21, 22, 28 e 29 de junho na Praça Nauro Machado.

Além dos arraiais oficiais, o São João acontece, também, nos bairros da Cidade Operária, João de Deus, Anil, João Paulo, Liberdade, Anjo da Guarda, Largo de Santo Antônio (22 a 29 de junho) e Cohajap (1 a 13 de junho).

G1: É fake que Flávio Dino aboliu bandeira do Brasil e colocou bandeira vermelha

Em nota, a assessoria de imprensa do governo do Maranhão “nega de forma veemente ter abolido a bandeira do Brasil das fotos oficiais e esclarece que faz parte do protocolo do governo”

G1

Circula nas redes sociais a informação de que o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), “aboliu a bandeira do Brasil das fotos oficiais”. Uma imagem que acompanha a mensagem mostra ainda Dino próximo a uma bandeira vermelha, com estrelas amarelas. O texto é #FAKE.

O vídeo e as fotos que acompanham a mensagem são registros de 9 de junho deste ano. Naquele dia, o governador do Maranhão teve uma agenda com o chinês Xian Zhu, vice-presidente do New Development Bank (NDB), conhecido como o “banco dos Brics”.

O compromisso foi para discutir investimentos em “dois grandes projetos de infraestrutura logística para o Maranhão”, segundo texto publicado no dia pelo governo do Maranhão. A troca de bandeira é um protocolo do governo. Nessas situações, é hasteada a bandeira do país da pessoa visitante. No caso, a bandeira na foto é a da China.

No Twitter, o governador do Maranhão se manifestou sobre o assunto: “Tratamos bem os que nos visitam e tenho fotos com bandeiras de Israel, Canadá, Portugal, entre outros países. Os que inventaram a agressão insana são os mesmos que seguem quem bate continência à bandeira dos Estados Unidos. Não é o meu caso”.

Em nota, a assessoria de imprensa do governo do Maranhão afirma que “nega de forma veemente ter abolido a bandeira do Brasil das fotos oficiais e esclarece que faz parte do protocolo do governo do Maranhão hastear a bandeira de um país em caso de visita de comitiva estrangeira, neste caso, a da China”.

“A visita ocorreu no último dia 9 de junho, ocasião na qual o governador Flávio Dino recebeu o chinês Xian Zhu, que é vice-presidente do New Development Bank (NDB). Outras comitivas estrangeiras também tiveram as bandeiras de seus países hasteadas em reuniões no Palácio dos Leões (sede do governo do Maranhão), a exemplo de Israel e Canadá.”

Governo assegura atendimento a pacientes oncológicos da Região Tocantina

Uma reunião entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o Ministério Público do Maranhão (MP/MA) assegurou, a continuidade do serviço.

O serviço oncológico prestado pelo Hospital São Rafael à Região Tocantina está assegurado. Uma reunião entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o Ministério Público do Maranhão (MP/MA) assegurou, a continuidade do serviço.

Participaram da reunião o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, a subsecretária de Saúde, Karla Trindade, os promotores Newton Bello Neto, de Defesa da Saúde de Imperatriz, e Ilma Paiva, coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Saúde do Ministério Público do Maranhão (MPMA), e equipes técnicas.

Para o secretário de Estado da Saúde, o diálogo com o Ministério Público é essencial para que o interesse da população seja sempre resguardado. “Agradecemos muito ao Ministério Público, em especial, à Promotoria de Saúde de Imperatriz, que busca sempre, antes de qualquer judicialização, resolver administrativamente o problema, com o intuito que a população não saia prejudicada. O MP tem o mesmo interesse da SES, que é garantir a manutenção do serviço e impedir qualquer diminuição dele”, disse Carlos Lula.

O promotor Newton Bello Neto reforçou a necessidade de que a população da Região Tocantina seja acalmada com a certeza de que não haverá suspensão dos tratamentos médicos oferecidos na unidade conveniada ao Estado. “Comparecemos à reunião com o secretário no sentido de cobrar atitudes positivas do Estado do Maranhão. O secretário garantiu ao MP que não haverá qualquer tipo de suspensão ou diminuição do serviço e que entrará em contato com a empresa prestadora do serviço para providências cabíveis para regularização total da situação. É importante que a população fique tranquilizada”, afirmou o promotor Newton Bello Neto.

A SES manterá com a diretoria do Hospital São Rafael o diálogo para a mediação do problema

‘Arraiá do Povo’ 2019 chega ao fim e garante espaço como um dos melhores do Maranhão

A animação nesta sexta, sábado e domingo foi garantida por uma vasta programação do que há de melhor no folclore maranhense

Uma animada multidão despediu-se do ‘Arraiá do Povo’, neste domingo (16), cantando e dançando embalada pelos ritmos nordestinos e maranhenses, além dos contagiantes ritmos sertanejo e forró. Foram três noites de grande festa popular que deixou saudade em todos que compareceram à Assembleia Legislativa.

A animação nesta sexta, sábado e domingo foi garantida por uma vasta programação do que há de melhor no folclore maranhense. Shows com cantores de projeção nacional, a exemplo de Lucas Seabra e Matheus Fernandes também encantaram o público.

A previsão é de que cerca de duas mil pessoas tenham prestigiado o ‘Arraiá do Povo’ 2019 nas três noites. Todo este sucesso fez com que a festança junina organizada pela Assembleia Legislativa, por meio do Grupo de Esposa de Deputados do Maranhão (Gedema), consolidasse a sua marca como uma das melhores festas da temporada junina do Maranhão.

A animação nesta sexta, sábado e domingo foi garantida por uma vasta programação do que há de melhor no folclore maranhense

Como o próprio nome diz, o ‘Arraiá do Povo’ foi carinhosamente preparado pelo Gedema para ser usufruído pelo povo maranhense. A população de São Luís atendeu ao convite da Assembleia Legislativa e compareceu maciçamente nos três dias de festa.

Tudo foi meticulosamente pensado pela organização para que o povo usufruísse de total conforto, garantido por uma excelente estrutura. O arraial contou com um grande e moderno palco, onde o público pode assistir às melhores brincadeiras folclóricas do Maranhão e os melhores shows musicais, além de dispor de total segurança, serviço médico, espaço para crianças, barracas bem estruturadas oferecendo pratos típicos e bebidas dentro do padrão de higiente e qualidade.

Para que a festança transcorresse conforme o planejado, um batalhão de servidores da Assembleia esteve em campo nas três noites de arraial, envolvendo pessoal de segurança, equipe de Comunicação e Cerimonial, motoristas, serviços gerais, Gabinete Militar e setor médico com enfermeiros e ambulância.

Todo este sucesso de público e organização comprovaram, mais uma vez, que a Assembleia Legislativa é um espaço democrático que está de portas abertas ao povo do Maranhão.

Governadores do Nordeste querem criar “Mais Médicos” regional

Após a perda dos cerca de 8 mil médicos para o sistema, o Governo Federal prometeu que preencheria todas as vagas com médicos brasileiros, algo que não aconteceu

Revista Fórum

Os governadores dos nove Estados completaram recentemente os trâmites necessários para tornar legal o Consórcio do Nordeste, que tem como objetivo buscar uma maior autonomia em relação ao governo de Jair Bolsonaro e as políticas federais que consideram nocivas para a região.

Uma das primeiras medidas que os líderes nordestinos pretendem impulsar é a retomada do formato original do programa Mais Médicos, com a presença dos profissionais cubanos, que foram embora do país após as críticas ideológicas ao governo da ilha feitas pelo presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), o Consórcio do Nordeste já está entrou em contato com representantes da OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde), entidade liga à OMS (Organização Mundial da Saúde), e consultou sobre a possibilidade de trazer profissionais estrangeiros, especialmente de Cuba, para refazer a cobertura dada pelo Mais Médicos ao sistema público de saúde nos estados nordestinos.

Em dezembro passado, ainda como presidente eleito, Bolsonaro fez duras críticas a Cuba, dizendo que tratava os médicos cubanos como “escravos”, criando uma crise diplomática que levou o presidente da ilha, Miguel Díaz-Canel, a ordenar o retorno dos profissionais ao seu país.

Após a perda dos cerca de 8 mil médicos para o sistema, o Governo Federal prometeu que preencheria todas as vagas com médicos brasileiros, algo que não aconteceu: uma reportagem recente do New York Times mostrou que centenas de cidades brasileiras continuam a espera de novos médicos para substituir os cubanos que se foram, situação que mantém cerca de 28 milhões de pessoas sem atendimento.