Mais de 33 mil pessoas já estão recuperadas no Maranhão, confirmados chegam a 58.859

Desses, 33.561 pessoas já estão recuperadas e foram registrados ainda 1.436 óbitos.

O novo boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), neste sábado (13), mostra que o Maranhão chegou à marca de 58.859 infectados pelo coronavírus.

Nas últimas 24 horas, foram 1.254 novos casos confirmados. Na Grande São Luís foram 134 casos, as demais regiões registaram 1.120.

Desses, 33.561 pessoas já estão recuperadas e foram registrados ainda 1.436 óbitos.

Até o momento, o Maranhão já realizou 108.989 testes e 800 casos seguem suspeitos.

Bairros de Pequim voltam a adotar confinamento após registro de novos casos de Covid-19

Apesar de o surto local ter sido amplamente controlado, os recentes diagnósticos positivos levaram as autoridades de Pequim a adiar a volta às aulas

Onze bairros residenciais no sul de Pequim foram bloqueados devido ao surgimento de novos casos de coronavírus vinculados a um mercado de carne próximo dessas áreas, informaram autoridades municipais neste sábado (13).

Até o momento, sete casos estão relacionados ao mercado de carne de Xinfadi, seis deles confirmados no sábado, segundo funcionários. O responsável pelo mercado disse a repórteres que o vírus foi detectado em tábuas usadas para manipular salmão importado. Nove escolas e jardins de infância próximos foram fechados.

O primeiro caso de covid-19 em Pequim em dois meses, anunciado na quinta-feira (11), é de uma pessoa que visitou o mercado na semana passada e não tinha saído da cidade. 

As autoridades fecharam o mercado, assim como um ponto de venda de mariscos que foi visitado por um dos infectados.

Grandes redes de supermercados, como Wumart e Carrefour, removeram todos os estoques de salmão da noite para o dia na capital, mas disseram que o fornecimento de outros produtos não seria afetado.

A maioria dos casos registrados na China nos últimos meses surgiu entre cidadãos chineses residentes no exterior e foram detectados quando eles retornavam ao país. 

Apesar de o surto local ter sido amplamente controlado, os recentes diagnósticos positivos levaram as autoridades de Pequim a adiar a volta às aulas dos estudantes do ensino fundamental, que estava prevista para segunda-feira, e a suspender todos os eventos esportivos.