Eduardo Nicolau toma posse como Procurador-Geral do Ministério Público do Maranhão

Devido às restrições advindas da pandemia de coronavírus, a solenidade foi realizada de forma virtual.

O governador Flávio Dino empossou o procurador de justiça Eduardo Jorge Hiluy Nicolau no cargo de Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do Maranhão, para o biênio 2020-2022. Devido às restrições advindas da pandemia de coronavírus, a solenidade foi realizada de forma virtual. “Eduardo Nicolau manifestou firme defesa de probidade administrativa e preocupação com as causas sociais, dentre as quais ganha relevo a temática sempre atual da luta contra o racismo. Está imbuído dos objetivos democráticos e das virtudes republicanas para bem exercer a honrosa chefia do Ministério Público do Maranhão”, destacou o governador. Flávio Dino pontuou ainda sobre a importância da harmonia entre os poderes, principalmente em um cenário de seguidos ataques inconstitucionais. 

“A harmonia ganha especial importância nesses tempos difíceis. “Uma casa unida é essencial para que não ocorra o seu enfraquecimento. A democracia brasileira é a nossa casa. E está em risco, em razão do entrecruzamento de fatores políticos, sociais e econômicos”, declarou o governador. “Não podemos banalizar a barbárie e não se insere no manto protetor da liberdade de expressão esse tipo de conduta beligerante que desborda e muito as fronteiras inscritas na constituição e nas leis”, prosseguiu. O procurador Eduardo Nicolau foi empossado após compor lista tríplice, recebendo 165 votos dos 324 membros votantes do pleito no Ministério Público. 

“Temos o desejo de concretização de um Ministério Público interagente e solidário, uma instituição de maior interação com seus próprios membros e com a sociedade”, assegurou Nicolau. Eduardo Jorge Hiluy Nicolau ingressou no Ministério Público em 1980. Atuou como promotor de justiça em diversas comarcas do interior e na capital. Em 1992, foi promovido a procurador  de justiça. Foi corregedor-geral em três oportunidades, além de subprocurador-geral para Assuntos Jurídicos.

Shoppings reabrem e fiscalizações da Vigilância reforçam o cumprimento das medidas sanitárias

Equipes da Vigilância Sanitária Estadual monitoraram o reinício dos trabalhos, orientando e sensibilizando para fazer cumprir as medidas de sanitárias

A força-tarefa organizada pelo Governo do Estado acompanhou o retorno das atividades de shoppings, lojas de rua e outros serviços não-essenciais que reabriram nesta segunda-feira (15), na capital. Equipes da Vigilância Sanitária Estadual monitoraram o reinício dos trabalhos, orientando e sensibilizando para fazer cumprir as medidas de sanitárias e reduzir os riscos de contágio pelo novo coronavírus. 

Os shoppings da capital no Maranhão Novo, Cohab e Jaracati foram os pontos de fiscalização deste dia. Proprietários de lojas devem seguir protocolos sanitários gerais e específicos e os consumidores se adequarem às novas orientações para compras. “O trabalho é voltado, principalmente, para a verificação dos protocolos do setor lojista, conforme decreto de Governo. ” Vamos verificar o que deve ser cumprido para proteger a saúde das pessoas”, pontuou o superintendente da Vigilância Sanitária Estadual, Edmilson Diniz.

Entre as medidas determinada está higienização de superfícies e alguns produtos, uso de máscara, disponibilidade de álcool em gel, limitação de clientes, manter distanciamento, isolamento de parte dos estacionamentos. “Nesta etapa, vamos promover a orientação a estes serviços. A intenção não é punir, mas fazer com que a retomada seja segura para trabalhadores e consumidores, sobretudo, para garantir a permanência dos serviços e não haver retrocesso com novo fechamento de atividades”, explica Diniz. 

O cronograma de fiscalizações desta segunda-feira alcançou ainda estabelecimentos nos bairros Monte Castelo, Kennedy, João Paulo, São Francisco, Renascença, Ponta d’Areia, São Bernardo e João de Deus. O trabalho prossegue ao longo da semana, nos turnos da manhã e tarde. A Polícia Militar acompanha a ação, em apoio à Vigilância.

Assembleia Legislativa lamenta falecimento de Zé Gentil e decreta luto de três dias

Em razão desta grande perda, o Parlamento maranhense decreta luto oficial de três dias.

A Assembleia Legislativa do Maranhão manifesta profundo pesar pelo falecimento do deputado estadual José Gentil (PRB), aos 80 anos, nesta segunda-feira (15). Em razão desta grande perda, o Parlamento maranhense decreta luto oficial de três dias.

Zé Gentil, como era conhecido, estava no seu terceiro mandato como deputado estadual, exercendo a função nas legislaturas 1987 a 1991 (deputado constituinte), 1995 a 1999 e, na atual, de 2019 a 2023. 

Pai de quatro filhos, entre eles o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, o falecimento de Zé Gentil deixa uma imensa lacuna na política do Estado e enluta os cidadãos e cidadãs caxienses e de todo o Maranhão.

Neste momento de dor, a Assembleia Legislativa transmite irrestrita solidariedade aos familiares, amigos, admiradores, e à população de Caxias em geral, que perde um grande líder político e apaixonado por essa cidade tão querida. Deus o receba em paz!

Deputado Othelino Neto
Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão

Deputado Zé Gentil morre aos 80 anos vítima da COVID-19

Faleceu na madrugada desta segunda-feira (15) o deputado estadual Zé Gentil (Republicanos), vítima da COVID-19.

“Meus irmãos, venho dizer a vocês que hoje perdi a minha referência, o meu grande pai, Zé Gentil. Ele foi e sempre será o meu exemplo do que significa ser um homem honrado, respeitado, trabalhador e, acima de tudo, incansável em lutar pelo bem da sociedade. Peço com muita humildade a todos que façam suas preces pela minha família neste momento, pois somente Deus é capaz de compreender e aliviar a inexplicável dor de perder um pai, aquele que foi o grande e verdadeiro apoio que tive em toda a minha vida”, escreveu Fábio Gentil, prefeito de Caxias e filho do parlamentar.

Zé Gentil estava internado em um hospital de Teresina desde o dia 7 de junho e teve seguidas pioras em seu quadro de saúde. No boletim de domingo (14), o hospital tinha informado que o parlamentar apresentou instabilidade hemodinâmica e parada cardiorrespiratória.

O parlamentar aos 80 anos, era respeitado por toda a classe política, onde já foi vereador de Caxias e deputado estadual por quatro mandatos.

A Assembleia Legislativa do Maranhão emitiu nota de pesar e decretou luto oficial por três dias.