Jornal O Globo mostra São Luís como a única capital do Nordeste que cria empregos

Com 4.822 empregos formais gerados, São Luís está na sexta posição entre todas as capitais brasileiras

A edição desta terça-feira do jornal O Globo mostra que São Luís é a única capital nordestina que acumula saldo positivo na criação de empregos com carteira assinada neste ano. Os dados foram extraídos de levantamento feito pela Consultoria Tendências.

A pesquisa vai de janeiro até agosto, o último dado disponível. Com 4.822 empregos formais gerados, São Luís está na sexta posição entre todas as capitais brasileiras.

Todas as demais do Nordeste perderam vagas no acumulado deste ano.

“A recuperação do mercado de trabalho encontra entraves no Nordeste, onde oito das nove capitais tiveram resultado negativo, segundo os dados da consultoria Tendências, e em dois estados que apresentam grave crise fiscal: Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. O pior resultado é o do Rio”, diz O Globo.

O desempenho de São Luís segue o do Maranhão, que tem gerado empregos novos pelo terceiro ano seguido.

O emprego com carteira assinada no Estado vem crescendo mais do que a média brasileira. Entre janeiro e agosto deste ano, o aumento dos postos formais foi de 1,63% no Maranhão. No Brasil inteiro, foi de 1,55%.

A expansão maranhense é bem maior que a do Nordeste, que cresceu 0,09% no acumulado do ano. Além disso, o Maranhão é o segundo Estado que mais abriu empregos com carteira assinada no Nordeste entre janeiro e agosto de 2019. Foram 7.569 vagas formais até agora. No Nordeste, só a Bahia tem desempenho melhor.

Othelino Neto articula retomada de serviços do Hospital Aldenora Bello em reunião na Alema

O presidente da Alema pontuou ainda que, durante a reunião, a direção do hospital assumiu o compromisso de retomar, já na próxima semana, alguns serviços que foram suspensos

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), reuniu-se, nesta terça-feira (8), com diretores do Hospital Aldenora Bello, representantes da Promotoria de Justiça da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde (SES), na busca por uma solução para o retorno da realização de serviços que deixaram de ser oferecidos pela instituição, que é referência no atendimento oncológico no Maranhão.

Participaram da reunião os deputados Dr. Yglésio (PDT), Helena Duailibe (Solidariedade) e Hélio Soares (PL), além do secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, a promotora de Justiça da Saúde, Glória Mafra, e dos diretores financeiro e administrativo do Hospital Aldenora Bello, Ruy Lopes Freitas e José Generoso da Silva, respectivamente.

“Nós percebemos a situação se agravando e, por isso, convidei representantes da diretoria da Fundação Antônio Dino, assim como o secretário estadual de Saúde e a promotora da Saúde, para que pudéssemos discutir conjuntamente e achar caminhos mais rápidos para que os serviços voltem a ser ofertados o quanto antes”, afirmou Othelino Neto.

O presidente da Alema pontuou ainda que, durante a reunião, a direção do hospital assumiu o compromisso de retomar, já na próxima semana, alguns serviços que foram suspensos, como o Pronto Atendimento Oncológico, as cirurgias, combate à dor e cuidados paliativos.

“Nós pedimos que, na quinta-feira próxima, o Aldenora Bello já nos apresente a planilha do que é fundamental para que possam superar esse momento de crise pelo qual estão passando. Soma-se a isso o fato de os deputados estaduais terem disponibilizado de suas emendas parlamentares um valor para que possa, também, ajudar na solução dos problemas do hospital e, assim, volte a atender a população”, garantiu Othelino.

O Hospital Aldenora Bello é mantido pela Fundação Antônio Jorge Dino e deixou de oferecer alguns serviços aos pacientes com câncer por falta de recursos financeiros. O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, ressaltou que o Estado vem ajudando a instituição dentro de sua capacidade financeira. O titular da SES frisou ainda que o Legislativo, o Executivo e o Ministério Público estão unindo esforços para tentar manter a instituição.

“O Aldenora Bello é uma instituição privada que se mantém com recursos próprios, tem o repasse do SUS e recebe recursos do Governo Federal, mas que tem tido dificuldade na manutenção dos seus serviços e no manejo do dia a dia. O que estamos tentando fazer é vendo ainda outras formas para ajudar, além do que já fazemos, pois ajudamos sempre na manutenção do hospital”, ponderou Carlos Lula.

Após o encontro, o diretor financeiro do Hospital Aldenora Bello, Ruy Lopes de Freitas, pontuou que com o apoio da Assembleia Legislativa, por meio de emendas parlamentares, os serviços deverão voltar ao normal.

“Agradecemos ao presidente Othelino, que nos convidou, e às autoridades envolvidas, que podem ajudar o Aldenora Bello a cumprir a sua missão de cuidar dos pacientes com câncer. Faremos um estudo específico para a utilização das emendas parlamentares que os 42 deputados indicaram para nós, no valor de R$ 100 mil cada um, somando R$ 4,2 milhões. É algo que pode ser uma solução de médio prazo extremamente importante para o Aldenora Bello e, principalmente, para o paciente portador de câncer no Maranhão”, assinalou Ruy Lopes.

Prefeito Edivaldo reforça investimentos de sua gestão no Angelim com obras de asfaltamento

Estão em execução também o asfaltamento de ruas e avenidas do Cohatrac, Vinhais e Avenida Guajajaras

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) está consolidando os investimentos que sua gestão vem fazendo para melhorar a infraestrutura dos bairros de São Luís por meio do programa São Luís em Obras. Agora as ações chegaram à região do Angelim, que está recebendo mais de 5 quilômetros de pavimentação asfáltica. Os serviços tiveram início nesta terça-feira, na Avenida Um. Serão recuperadas ruas e avenidas do Angelim de baixo e de cima, melhorando a mobilidade urbana na área.

As obras de asfaltamento iniciadas esta semana reforçam os investimentos que a gestão do pedetista vem fazendo no Angelim. O bairro já foi contemplado com a reforma da Praça dos Ipês; a construção de um Ecoponto; além da modernização da iluminação pública entre outras ações que têm melhorado a qualidade de vida dos moradores.

Além disso, ao iniciar a frente de pavimentação do Angelim, Edivaldo amplia as ações do programa São Luís em Obras que já contabiliza mais de vinte frentes de obras como as reformas do Estádio Nhozinho Santos, Fonte das Pedras, Parque do Bom Menino, Praça da Bíblia, Mercado das Tulhas, Mercado do Coroadinho.

Estão em execução também o asfaltamento de ruas e avenidas do Cohatrac, Vinhais e Avenida Guajajaras; a construção de dois galpões de triagem e quatro Ecopontos; a reforma da Casa de Passagem (equipamento social); reforma do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Alemanha e de outras unidades de saúde; reforma de escolas entre outras.

Bolsonaro pede para apoiador esquecer o PSL

A conversa foi gravada por um dos apoiadores e publicada no canal do Youtube “Cafezinho com pimenta”

O presidente Jair Bolsonaro deu indícios nesta terça-feira (8) de que pode deixar o PSL. O partido tem enfrentado disputas internas e sua bancada na Câmara está rachada. Bolsonaro pediu a um apoiador nesta manhã para que esquecesse o partido e afirmou que o presidente da sigla, o deputado Luciano Bivar (PE), “está queimado pra caramba” e vai “queimar o seu filme também”.

Na saída do Palácio da Alvorada, onde apoiadores esperam para conversar e tirar fotos com o presidente, um homem se apresentou a Bolsonaro como pré-candidato no Recife pelo PSL. Bolsonaro, então, cochichou em seu ouvido: “Esquece o PSL”.

Ainda assim, o rapaz gravou um vídeo junto ao presidente em que diz: “Eu, Bolsonaro e Bivar juntos por um novo Recife”. Bolsonaro então pediu para que ele não divulgasse a gravação.

“Ó cara, não divulga isso, não. O cara Bivar está queimado para caramba lá. Vai queimar o meu filme também. Esquece esse cara, esquece o partido”, recomendou.

A conversa foi gravada por um dos apoiadores e publicada no canal do Youtube “Cafezinho com pimenta”. A imprensa é proibida de ficar no mesmo local onde esses apoiadores gravam esses diálogos com o presidente.

Assim que o presidente repreendeu o rapaz, ele respondeu que iria esquecer o PSL e gravou um novo vídeo suprimindo o nome do partido e do dirigente. “Viva o Recife, eu e Bolsonaro”.

Na segunda-feira, 7, o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, afirmou que não havia da parte do presidente nenhuma “formulação com relação a uma suposta transição de partido”.

Irmão de Eduardo Braide assume comando do PMN no Maranhão

A troca acontece pela ida de Braide para o Podemos, partido que deve concorrer à prefeitura de São Luís no próximo ano

Já nas articulações para as eleições de 2020, o deputado federal, Eduardo Braide, emplacou o irmão, Fernando Braide, como o novo presidente do PMN no Maranhão.

A troca acontece pela ida de Braide para o Podemos, partido que deve concorrer à prefeitura de São Luís no próximo ano.

Com isso, o pré-candidato garante o controle das duas legendas para as eleições da capital.

Braide foi presidente do PMN nos últimos anos, partido que, mesmo pequeno, o levou para o segundo turno das eleições em 2016 e elegeu Braide deputado federal com mais de 189 mil votos.

Flávio Dino forma mais 180 policiais para reforçar segurança no Maranhão

A formatura foi na Praça Maria Aragão e teve a presença do governador Flávio Dino, do vice-governador Carlos Brandão

Mais 180 novos policiais militares se formaram nesta segunda-feira (7) no Maranhão para reforçar a segurança no Estado. Eles passam a integrar a maior tropa policial da história do Maranhão, de 15 mil profissionais.

Os novos policiais do Curso de Formação de Soldados 2019 vão atuar tanto na capital quanto no interior.

A formatura foi na Praça Maria Aragão e teve a presença do governador Flávio Dino, do vice-governador Carlos Brandão, do secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela, e do comandante geral da Polícia Militar, coronel Ismael Fonseca, além de autoridades civis e militares.

“Estamos permanentemente investindo para aprimorar a polícia. Isso inclui a formação, a capacitação e a valorização dos profissionais para que obtenhamos esse resultado. Uma polícia mais eficiente e mais próxima da população e que seja capaz de continuar a redução da violência”, afirmou o governador Flávio Dino.

Ele deu como exemplo, a queda de 72% nos homicídios em setembro de 2019 na Grande Ilha na comparação com o mesmo mês de 2014. Além disso, São Luís é a capital que mais reduziu esse tipo de crime em todo o Brasil.

Requerimento de Othelino Neto solicitando homenagem ao Tambor de Crioula é aprovado

A data da solenidade será definida e o ato deverá contar com apresentações de grupos tradicionais da manifestação

O plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, por unanimidade, na sessão de segunda-feira (7), o Requerimento 551/19, de autoria do deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Casa, propondo a realização de Sessão Solene em homenagem ao Tambor de Crioula, uma das expressões culturais genuinamente maranhenses e Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. A data da solenidade será definida e o ato deverá contar com apresentações de grupos tradicionais da manifestação.

Praticada no Maranhão desde a época da escravidão, o Tambor de Crioula, importante manifestação afro-brasileira, foi reconhecida como Patrimônio Imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 2007, na gestão do então governador do Estado, Jackson Lago, tendo Gilberto Gil como ministro da Cultura à época.

“É uma homenagem mais do que justa a esta manifestação cultural maranhense que já está arraigada em nossa história há séculos, que tem sua importância reconhecida nacionalmente e que faz com que nos orgulhemos das nossas origens e da nossa força cultural”, justificou o presidente Othelino Neto.

O Tambor de Crioula, que envolve dança circular, canto e percussão, tem sua origem ligada à resistência cultural dos negros e de seus descendentes. Atualmente, no Maranhão, vem sendo apropriado por grupos distintos e praticado por estudantes, artistas e intelectuais. Só na Grande São Luís, atualmente, há cerca de 110 grupos de tambor de crioula, alguns já com meio século de existência.

Voluntários pintam fachada de escola comunitária em São Luís

A ação foi realizada pelo projeto “Pintando Sonhos” e liderada pelo aluno do RenovaBR, Brandão Neto

Uma grande rede de voluntários reuniram-se no sábado (5), para transformar a fachada da Associação de Donas de Casas do Salina do Sacavém, em São Luís. A entidade, mantém uma escola comunitária, biblioteca comunitária e atende 250 crianças em São Luís.

A ação foi realizada pelo projeto “Pintando Sonhos” e liderada pelo aluno do RenovaBR, Brandão Neto. Mais de 50 voluntários e apoiadores foram mobilizados e após dois dias de trabalho, entregaram a fachada da entidade toda pintada.

A ação também realizou pinturas na parte interna, fizeram a capina do terreno, além de doações de tatames emborrachados e móveis para a escola.

O antes e o depois da escola comunitária do Salina do Sacavém

“Poder colaborar com o trabalho de uma escola comunitária e poder integrar uma grande rede de renovação como o RenovaBR é um grande prazer. Essa ação teve o objetivo de proporcionar às crianças uma escola mais agradável, um espaço divertido e ideal para a aprendizagem. Foi muito lindo voltar na escola segunda-feira de manhã cedo e olhar a reação delas ao se depararem com a escola de cara nova. Essa linda reação nos deu a certeza de que o trabalho voluntário nessa escola comunitária deve continuar”, afirmou Brandão Neto.

O exercício coletivo faz parte do curso RenovaBR Cidades, que prepara 1,4 mil alunos – cidadãos comuns, com diferentes profissões, origens e ideologias – para fazerem a diferença na política. Todas as regiões do Brasil foram contempladas, o que inclui as 26 capitais, regiões metropolitanas e cidades de interior.

Para o fundador do RenovaBR, Eduardo Mufarej, o projeto é uma oportunidade para os alunos, e futuros candidatos, mostrarem que podem transformar a vida da população através de pequenas ações. “Quem pretende ocupar um cargo político precisa provar que está comprometido com a população e com as cidades onde vivem. E, mais do que isso, esses futuros políticos necessitam comprovar que conseguem mobilizar as pessoas que estão próximas, transformar seus bairros e, mesmo em uma escala ainda pequena, mudar para melhor a realidade da população.”, destacou.